Debettá Rost Júnior, catarinense de Bal. Camboriú, Chef de Cozinha e Restaurateur.  Desenvolveu-se em restaurantes importantes em Curitiba e Angola – África. Especialista em frutos do mar com amplo conhecimento em cozinhas exóticas.   

Gourmet

Publicado em 01 | por Debettá Rost

Trilhar o caminho da gastronomia não é tarefa fácil, e muita dedicação é necessária para se obter êxitos satisfatórios durante a sua jornada. Trabalhar com bons profissionais que seguem esta mesma linha de raciocínio conta muito também, e claro, a tarefa de escolhe-los  é sua.

Para se tornar um bom alquimista das panelas, também é preciso conhecer certas técnicas de preparo, temperos e insumos e ter logicamente aquele amor especial por cozinhar. Passar por diversas cozinhas, e também por todos os setores pontuam no trajeto,  tenho hoje muito orgulho de ter lavado chão, muito pratos, panelas queimadas, explodido algumas delas também (risos), afinal a cozinha é uma eterna escola, e como toda, vai se passando de fase e tudo se ajeita, isso tudo é muito importante até mesmo para saber se é realmente o que queres!

A cozinha possui sua hierarquia, que deve ser respeitada sempre, e uma equipe conectada é crucial na vida de qualquer restaurante, os alimentos merecem respeito, assim como as pessoas que vão consumir, portanto, o amor é e sempre vai ser o principal tempero pra qualquer preparo.

Venho de lembranças sensoriais da infância e adolescência, repletas de sabores incríveis que possivelmente você se recorda ou ainda vivencia, que são os da TRADICIONAL COMIDA DE MAMÃE (ou da vovó), feitas com muito zelo e capricho nos Fogões de lenha e sempre com aquele sabor fresquinho de quintal, criando sensívelmente os primeiros sabores da nossa vida, e assim como me inspira e aos grandes nomes da arte culinária pelo mundo a fora.

Ao longo das próximas semanas muitas dicas vão rolar por aqui: receitas, desafios, também vou visitar cozinhas inusitadas e trazer sempre pra você uma experiência gastronômica incrível de dar água na boca! Vem comigo!

Sinta-se em casa, sempre! E seja bem vindo!

Sempre que precisar não perca tempo estou aqui tirando suas duvidas e dando dicas pra lá de praticas, aproveite.

E vamos as panelas!

Imagem por do sol em Angola. Foto acervo pessoal

Relembrando Angola, trago a vocês minha receita de Arroz de Lagosta. Pra quem não sabe nossos irmãos Angolanos também são banhados pelo Oceano Atlântico e possuem uma grande diversidade em frutos do mar, logo a lagosta é um dos crustáceos mais abundantes nas costas Angolanas, assim como em alguns lugares do Brasil, uma carne de sabor suave que tem um preparo simples e agrada todos os paladares. Vou descrever aqui tudo que você precisa saber para fazer este prato super saboroso rápido e com ótimo custo benefício!

Arroz de lagosta serve (1 pessoa)

Ingredientes.

1 fio grosso de Azeite

1 lagosta média fatiada cozida

1/2 cebola roxa em cubos pequenos

2 dentes de alho picados bem finos

1 Raiz de coentro fresca  picada bem fina

2 xicaras de água morna

1 xicara de arroz branco cozido (pode ser a sobra ontem)

2 colheres de sopa de extrato de tomate

1 tomate grande sem sementes cortado em cubos

Salsinha e cebolinha a gosto

Sal

Torradas

Modo de preparo

Depois de todos os ingredientes previamente reservados, aqueça em fogo baixo uma panela antiaderente não muito grande, (use uma colher de plastico, silicone ou madeira para não riscar sua panela) adicione o fio de azeite, deite as fatias de lagosta e refogue ligeiramente, adicione a cebola roxa em cubos refogue mais um pouco ate ela perder parte da cor e ficar macia, agora adicione o alho juntamente com a raiz de coentro continue refogando em fogo baixo aprox 1 min, despejar a água o arroz, extrato de tomate e o sal quanto queira em seguida passe a chama para média. Deixe cozinhar ate reduzir a água pela metade, adicione o tomate mexa novamente desligue o fogo adicione por fim a salsinha e a cebolinha e abafe por 1 min.

Dica: Sirva em prato fundo ou em pote de barro como a do prato original a baixo, não esqueça das torradas, e claro um bom vinho!

Fotos a lagosta fresca indo para o preparo logo após o prato finalizado.

por Debétta Rost