Ana Vargas, jornalista, pós-graduada, Assessoria de Mídias Sociais.   

Facebook é a mídia mais usada pelas empresas

Publicado em 01 | por Ana Vargas

Com o corre corre da vida  vemos muito menos as pessoas, mas ao mesmo tempo temos um contato diário com elas. Esse papel de aproxima cão é feito pelas redes sociais, ali você seus parentes, amigos, produtos, planeja viagem, conta histórias. Fato é que as redes sociais estão presentes em nosso dia a dia. Antigamente, quando encontrávamos alguém e queríamos manter a relação com proximidade, perguntávamos “Você tem telefone?”, depois passou para “Você tem celular? Me mande um SMS!”, e agora “Qual seu Facebook? Twitter? Google +? Flickr? Instagram?…”

Mas, afinal, até onde elas podem influenciar a sociedade? É possível ter noção da sua força? Será que elas são apenas simples aplicativos que permitem a troca de ideias e fotos, bate papo ou  Elas permitem uma nova maneira de participação da sociedade.

Já é do conhecimento de todos,  a força dessas redes, que elas vieram pra ficar e que influenciam, e muito, as pessoas. Muitos dizem ser mais um modismo da internet, e geralmente quem é mais velho fala que é “coisa da garotada”. Mas está cada vez mais claro que não é nada disso.

As mídias sociais começam cada vez mais a ganhar terreno no mundo dos negócios, seja para impulsionar vendas, seja para monitorar marcas ou produtos, revela um estudo do Centro de Pesquisa de Marketing da Universidade de Massachusetts Dartmouth, que procura mostrar o uso das ferramentas sociais nas empresas de crescimento mais rápido nos EUA e no mundo.

O estudo, que em 2014 incluiu pela primeira vez o Google+ e o Instagram, revela também que os sites de compartilhamento de fotos e vídeos — tais como YouTube, Pinterest, e o próprio Instagram — estão se tornando cada vez mais atraentes para as empresas e cresceram em popularidade no ano passado.

A mesma tendência vem sendo verificada entre os sites de relacionamento, tanto que o Facebook voltou a crescer em 2014 nas empresas, para 84%, depois de cair 7% em 2013. Pela ordem, o Twitter cresceu 7%; os blogs, 8%; o Pinterest, 15 %; e o YouTube, 20%.

A pesquisa consultou executivos em cargos de direção em empresas com faturamento anual alto.Quando questionados sobre quais plataformas de mídia social sentiam ter maior potencial para auxiliar no crescimento do negócio, 61% dos entrevistados apontaram Facebook com 55% e o 31%, o Pinterest.

As outras opções citadas como plataformas com potencial para impulsionar as vendas foram o LinkedIn e o YouTube.  Cerca de 45% dos executivos entrevistados indicaram que estão acompanhando a evolução das vendas através de plataformas de mídia social.

Isso vale para todos os tipos de empresas, tanto as pequenas quanto as grandes. No próximo post vamos falar sobre a importância das empresas manterem suas páginas atualizadas.

por Ana Vargas